Para profissionais que trabalham com projetos mecânicos, as técnicas de negociação e vendas podem ser um problema no início da carreira e até mesmo durante, muito porque, a falta de experiência nos entrega dificuldades para lidar com as burocracias da profissão.

Quando mantemos uma precificação errada ou cálculos equivocados, estamos sujeitos à diversas situações, como por exemplo: problemas financeiros, falta de valorização de nós como profissionais, pilhas e pilhas de trabalho acumulado e, sem dúvida, menos lucro no final das contas.

Foi pensando nisso que elencamos algumas dicas para você precificar melhor seus projetos e otimizar a sua renda, confira!

 

Cenário geral de estrutura de precificação.

O primeiro passo é entendermos as estruturas de precificação e custo que temos como profissional, seja sozinho ou na empresa, valendo essa estrutura para muitas profissões, não somente para o setor metal-mecânico.

Custos são nada mais do que tudo aquilo que você gasta para que seu trabalho seja realizado com qualidade. Confira alguns deles:

 

Custos Indiretos

Custos indiretos são necessários para a estrutura básica do seu negócio. Um exemplo muito simples disso são os gastos os de internet, luz, água e telefone.

 

Custos Diretos

Os Custos diretos são relacionados diretamente com a produção e desenvolvimento do seu projeto. Softwares, horas trabalhadas, preços de materiais e de deslocamento, como o combustível, são bons exemplos.

 

Valor do Profissional

Além dos custos anteriores, devemos levar em consideração o seu valor como profissional. Apesar de bastante subjetivo, o valor do profissional não só entrega aquilo que ele faz, mas também as capacitações que foram tiradas para que você exerça o trabalho da maneira como exerce, com qualidade e agilidade exclusivas de você.

Nesse quesito, suas capacitações são colocadas na mesa, como por exemplo suas formações, cursos, palestras e até mesmo qualificações paralelas, como falar em outro idioma ou reconhecimentos da atuação de sua empresa no mercado.

Dois outros fatores muito importantes são o nicho de atuação em que você está trabalhando e a periculosidade (os famosos riscos) que são oferecidos quando o projeto está sendo executado.

 

Modelos de cobrança

Ao cobrar por um trabalho, uma das coisas nas quais é comum no cenário de cobrança é a plataforma de cobrança por demanda. Isso significa que, em existindo uma demanda de um projeto metal mecânico, os orçamentos das peças e máquinas chegam através de indicações, e-mail ou pronto atendimento.

Essa relação de cobrança por demanda, assim como todo modelo de cobrança, requer uma estrutura de custos que, nós da LogoSystem implementamos no Gestor Fácil e chamamos de Indicadores do Cenário de Comercialização, confira a seguir para entender mais sobre:

 

Indicadores do Cenário de Comercialização

Os indicadores do cenário de comercialização são fundamentais no momento de fazer o orçamento das peças que você irá produzir ou projetar e são entendidos como valores sobre materiais e serviços.

Eles são responsáveis por dados para mensurar o preço final e, inclusive, a margem de lucro na qual você pode explorar na negociação. Alguns exemplos dessas separações por indicadores de preço são:

 

Matéria-prima

Nesse campo o software Gestor Fácil faz a coleta dos dados do projeto que será desenvolvido e, a partir disso calcula automaticamente os custos envolvidos no que diz respeito à matéria prima e suas respectivas quantidades.

Um dos diferenciais dessa ferramenta na plataforma é a entrega e o cálculo das cargas tributárias que regem as matérias primas de maneira atualizada, ou seja, todos os dados, inclusive os impostos, são fornecidos para a análise.

 

Serviço

No campo do serviço não é diferente. Todo o cálculo referente aos serviços que serão realizados, sejam eles terceirizados ou não, são também inseridos na planilha de custos. Para servir de exemplo, alguns dos serviços mais comuns são: solda, montagem e corte.

 

Valor de comissão

Um dos pontos mais inovadores da plataforma é a sua capacidade de cálculo de valor de comissão, entregando percentuais de possibilidade na comissão para os vendedores e representantes ligados ao projeto. 

Além disso, o Gestor Fácil faz uma estimativa de preço de todo o projeto, visando proporcionar um percentual maior para melhor flexibilidade da negociação com o seu cliente.

Essa curadoria é feita através do modelo de divisão do todo, ou seja, o orçamento final vem dividido em pequenas partes, neste caso por setores de custo, e permite à você não só visualizar o orçamento como um todo, mas também de forma minuciosa.

 

Dica para um bom fechamento de orçamento

Uma dica primordial para aplicar nos seus projetos é a verificação de todos os atributos e metas estabelecidas, conferindo se os mesmos foram alcançados e, claro, valide essas informações com base em dados concretos.

Isso pode parecer não fazer diferença no projeto em questão, porém, é através disso que você adquire conhecimento e Know-how para os próximos projetos, otimizando sempre a entrega de orçamentos e cobranças, e claro, profissionalizando seus projetos cada vez mais. 

 

Conclusão

Para manter ainda mais desempenho e sucesso no seu escritório, você sem dúvida alguma também precisa gerir as suas obras. Para isso, investir em um software de gestão é uma ótima escolha para acompanhá-las de perto.

Além da praticidade, agilidade e qualidade dos nossos softwares, você estará constantemente recebendo atualizações e upgrades, sempre prezando pela agilidade na entrega e a boa usabilidade da plataforma