Você conhece sabe o que é o PCP?

O Plano de Controle de Produção, ou mais conhecido como PCP, é uma ferramenta que permite controlar todo o fluxo do processo de produção de uma empresa, ou seja, processos que visam a otimização da coleta de dados para que sempre hajam em mãos os dados atualizados e exclusivos dos seus processos.

Muito utilizado a partir do surgimento da indústria 4.0 no mercado, o PCP é de fato uma ferramenta importantíssima para a organização e disposição dos dados.

Confira a seguir como funciona e alguns benefícios que você poderá encontrar aplicando essa ferramenta na sua organização por completo!

Empresas bem estruturadas no mercado entendem que o planejamento é o alicerce do futuro da empresa. Assim como cuidar do próprio corpo, uma empresa sem planejamento nos seus setores, desabará e não terá permanência no mercado, sendo facilmente atropelada por sua concorrência.

Quando falamos de planejamento, portanto, estamos falando de previsibilidade de produção, demanda e vendas. Obter dados qualificados e amostras fiéis da sua produção e do que ocorre nos setores é neste caso o alicerce para as tomadas de decisão no planejamento. Ao final do artigo conversaremos um pouco sobre como é possível coletar esses dados.

 

Como funciona a aplicação do PCP?

Sua aplicação preocupa-se com o processo como um todo, desde aquilo que acontece AGORA até aquilo que acontecerá posteriormente à sua produção, confira:

 

Curto Prazo: Produção Programada

A programação da produção delimita o sequenciamento daquilo que deve ser comprado para que os itens fabricados internamente e as ordens de compra externas sejam cumpridas e concretizadas, ou seja, por isso se trata de uma responsabilidade de curto prazo.

 

Médio Prazo: Planejamento Mestre

A médio prazo, o Planejamento Mestre determina e identifica a previsibilidade da produção com base nos dados que foram extraídos do planejamento de curto prazo.

Quando se entende as médias de gastos com fornecedores, bem como a média de faturamento, é possível estabelecer um roteiro de produção para os próximos meses.

Além disso, identificar as possíveis falhas e erros comuns que foram percebidos é o primeiro passo para evitar que ocorram novamente.

 

Longo Prazo: Planejanemento Estratégico

Essa etapa do Plano de Produção estabelece principalmente as estimativas de vendas a longo prazo, as disponibilidades financeiras e produtivas. Esse cálculo traça a produção de maneira um pouco mais específica, focando nos produtos de maior saída e alinhando assim um horizonte de vendas.

Por tratar-se de uma etapa mais detalhada, o Planejamento estratégico leva em conta as famílias de produtos/serviços que a empresa contém, adaptando os recursos de produção e às disponibilidades para atingir os melhores custos, qualidades e pontualidades que se pode oferecer.

 

Pós-produção: Controle e Feedbacks

Quando uma produção é finalizada, é importantíssimo a coleta de dados pós-produção. Essa última etapa não só garante que a produção tenha saído como planejado como também identifica os problemas e estabelece as devidas correções.

 

Benefícios

 

1 – Previsão de Demanda – Ter um prognóstico, ou seja, uma previsão antecipada de quanto sua empresa precisa possuir no estoque de cada produto é essencial. Esse elemento é encontrado principalmente depois de uma análise de histórico e estatísticas passadas.

2 – Capacidade de Produção – Planejar as demandas e a produção é uma etapa fundamental para um bom PCP. Para isso é necessária uma análise dos dados de produção de médio e longo prazo, podendo prever se a capacidade produtiva deverá aumentar ou diminuir ao longo do tempo.

3 – Planejamento Agregado de Produção – Essa informação é relativa às estratégias de produção da empresa. A análise dos dados leva em conta as demandas de consumo e a capacidade de produção, gerando assim números para as tomadas de decisão com relação à novos implementos e inovações.

4 – Plano Mestre de Produção – O plano mestre executa ações de médio prazo nos planos de produção. Através dele é possível criar uma programação mais detalhada para ordens de compra e produção que estão pendentes e/ou são de curtos períodos de tempo.

5 – Programação Detalhada de Produção – Basicamente seu objetivo consiste em demontrar como a empresa realisará suas ações durante o dia. Isso inclui as emissões de ordem, os fluxos e processos internos, coordenação de materiais e matérias-prima, dentre outros.

 

Conclusão

Como citado anteriormente, um bom planejamento estratégico necessita de uma boa base de dados de sua produção. Para facilitar essa coleta, a Logosystem desenvolveu o Gestor Fácil, uma ferramenta de fornecimento de dados de sua empresa e produção para as tomadas de decisão estratégicas.

 

Fale com a gente agora mesmo e tenha um controle total do funcionamento de sua empresa!