Assim como os processos de produção comuns de sua empresa, os sistemas de manutenção também devem seguir a mesma lógica, ou seja, quando uma manutenção é necessária dentro de um setor de sua empresa, é importantíssimo existir um cronograma de atuação, com objetivos, estratégias e processos de planejamento e execução.

Para que isso ocorra com maestria, esses processos devem ser baseados em dados concretos dos processos de produção, sendo possível extrair estatísticas que comprovam a eficácia dos equipamentos e que possibilitam a tomada de decisão das técnicas de otimização que serão implementadas.

O PCM, portanto, deve ser encarado como um aliado à gestão do negócio, isso porque, sem ele o funcionamento correto dos processos e dos equipamentos não acontecerá como esperado e/ou planejado.

 

Tipos de PCM

Apesar de parecer simples, o PCM possui diversos planos diferentes de manutenção, sendo cada um deles para uma função específica. Confira:

 

Plano de Manutenção Preventiva

Como o próprio nome já nos informa, o Plano de Manutenção Preventiva sugere que é necessário uma amostra de manutenções dentro de um calendário preescrito.

Considerando, a partir dos dados, que as probabilidades de quebra e de alertas de reparo se dão em um determinado período de tempo, esse plano considera essas datas para que antes de elas acontecerem haja uma manutenção que previna que o equipamento se deteriore ou venha a falhar.

 

Plano de Manutenção Preditiva

Bastante alinhada a Manutenção Preventiva, a Manutenção Preditiva considera os dados de atuação da máquina atual, principalmente no que diz respeito à fenômenos físicos (temperatura, velocidade, RPM’s) e, através deles, consegue entender se a máquina está apresentando problemas ou irá apresentar problemas.

Um exemplo disso é uma máquina que deveria estar apresentando 80ºC, porém, de um determinado tempo em diante ela começou a oscilar entre valores maiores, chegando a bater às vezes 90ºC. Isso pode significar que algum sistema de resfriamento da máquina pode estar danificado ou então irá colapsar.

Para que isso não ocorra, portanto, o responsável deverá informar que a manutenção preventiva deve ser adiada e o reparo seja imediatamente feito.

 

Plano de Manutenção Preventiva

Apesar de parecer simples, o PCM possui diversos planos diferentes de manutenção, sendo cada um deles para uma função específica. Confira:

 

Plano de Manutenção Corretiva

A manutenção Corretiva ela é de fato a correção do equipamento assim que se obserava uma falha em seu funcionamento.

Nesse caso, considera-se que o tempo de inatividade da máquina para o reparo deve ser equivalente e de melhor custo do que o prejuízo que ela causará caso venha a falhar totalmente, otimizando assim a probabilidade de falhas maiores sem prejudicar o faturamento e/ou a produção por completo.

 

Plano de Manutenção Condicional

A Manutenção Condicional encara os dados constantemente através de softwares online de monitoramento. A manutenção de fato é realizada, portanto, quando alguns dos indicadores informa que a máquina virá a parar seus trabalhos brevemente.

Essa maneira de trabalho reduz os custos associados aos reparos de máquina, isso porque, minimiza a quantidade de falhas maiores e otimiza os recursos da empresa. 

 

Plano de Manutenção de Risco

Em último caso, a manutenção de Risco necessita de análises, controles e testes periódicos com muito mais cautela e detalhes.

Nesse caso, os equipamentos que apresentarem falhas mais graves e apontarem defeitos que expressam altos riscos para o processo devem ser substituídos por equipamentos novos e/ou então, se viável, passarem por um reparo minucioso e de qualidade.

Esse processo é extremamente necessário já que é através dele que a produção estará garantida e que o cliente poderá contar com sua credibilidade e  com a confiabilidade de sua mão de obra.

 

Conclusão

A melhor maneira de verificação e catalogação desses dados é através de um sistema de gerenciamento de dados, como o GestorFácil!Com uma base de dados qualificada sobre suas máquinas e processos, a aplicação do Planejamento e Controle de Manutenção será muito mais eficaz e pautada em exames concretos, garantindo assim eficiência e qualidade para sua produção. Fale com a gente e saiba como é fácil possuir o GestorFácil!